sexta-feira, 18 de novembro de 2016

JOGO: "BARQUINHO SILÁBICO"

Olá amigos, tudo bem com vocês?

Em um de nossos encontros do PNAIC, foi proposto encontrarmos algum jogo de intervenção para trabalhar uma dificuldade existente na sala de aula. Então resolvi confeccionar este jogo que encontrei no Facebook da professora Eber Luiza

Confira a seguir como trabalhar com esse jogo:


Objetivos: 

  • Perceber que palavras diferentes variam quanto ao número, repertório e ordem de letras.
  • Dominar as correspondências entre letras ou grupos de letras e seu valor sonoro, de modo a ler palavras e formar palavras através das sílabas.
  • Participar de interações orais em sala de aula, questionando, sugerindo, argumentando e respeitando os turnos de fala.

JOGO: "BARQUINHO SILÁBICO" PARTE – I


PROCEDIMENTOS:

Começar o jogo passando o barquinho de aluno em aluno, enquanto todos vão cantando a canção paródia da música "Atirei o pau no gato..."

MEU BARQUINHO
O MEU BARQUINHO, NHO
BEM LIGEIRINHO, NHO
VAI NAVEGANDO, DO
EM ALTO MAR, MAR, MAR
PEGO UMA SÍLABA, BA
QUANDO PARAR, RAR, RAR
E UMA PALAVRA
E UMA PALAVRA
EU VOU FALAR!



Quem estiver com o barquinho na mão ao terminar a música, deve tirar uma sílaba e dizer uma palavra que se inicie com a mesma. Se o aluno não souber ler, a professora na parada da música, lê em voz alta, solicitando que ele a complete. O professor pode pedir para a criança escrever a palavra na lousa.



JOGO: "BARQUINHO SILÁBICO" PARTE – III

PROCEDIMENTOS:
Em círculo, a professora apresenta o barco silábico e diz que os alunos serão o mar onde o barco irá navegar.  O barco passará de mão em mão. Cada criança pega uma sílaba. Depois que todos tiverem pego uma sílaba, devem as crianças ler suas sílabas. Ao final a professora propõe que as crianças tentem formar palavrinhas juntando com a dos colegas e depois todos fazem a leitura coletivamente.


JOGO: "BARQUINHO SILÁBICO " PARTE II

PROCEDIMENTOS:
Aumentando um pouquinho o grau de dificuldade. Além de juntar silabas com os colegas, as crianças também recorreram ao banco de sílabas para construir outras palavras. Depois de formada as palavras, pedir para elas ditarem as silabas que formavam as palavras que construíram e a professora às escreverá no quadro. Realizar a leitura coletiva das mesmas.
Ao final fizer o registro escrito da lista destas palavras. 


Obs.: O professor poderá incluir sílabas complexas de acordo com o nível de alfabetização em que as crianças se encontram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário