sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Comprinhas no Paraguai - Greice Amorim: http://youtu.be/d9T6tr1GOTw

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Caixa Matemática

Tem vídeo novo lá no canal, confira Minha Caixa Matemática.

Segundo o PNAICOs alunos devem estar “imersos num ambiente de letramento matemático”. Sendo assim, é importante organizar materiais que estejam disponíveis para cada aluno sempre que necessário. Sendo assim, é importante a existência da Caixa Matemática para cada aluno, devendo conter materiais para representação e manipulação de quantidades numéricas.




Não esqueça de clicar em "Gostei" abaixo do vídeos e se inscrever no canal para me ajudar a promove-lo. Se gostar por favor compartilhe.

Beijos, fiquem com Deus.


Inscreva-se no canal para receber as atualizações:






Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá: 

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Vídeo da história: A Magia do Alfabeto

Olá amigos estou muito feliz pois más um vídeo que consegui fazer par a trazer aqui pro cantinho para vocês conferirem.
O vídeo de hoje é da história A Magia do alfabeto.

Acompanhe o vídeo e saiba como explicar de maneira lúdica e divertida a letrinha H.




Espero de coração que gostem do vídeo, cliquem em gostei para me estimular a fazer mais vídeos como estes e inscreva-se no canal para conferir as novidades.

Assista o vídeo A Magia do Alfabeto:


Inscreva-se no canal para ficar por dentro das novidades.

Beijos, fiquem com Deus!


Inscreva-se no canal para receber as atualizações:




terça-feira, 26 de agosto de 2014

Sequência didática – Aprendendo as Figuras Geométricas com o Saci

Sequência didática – Aprendendo as Figuras Geométricas com o Saci



Objetivo de ensino

Perceber a importância de uma linguagem simbólica universal na representação e modelagem de situações matemática como forma de comunicação.

Objetivo de aprendizagem:

Descrever, comparar e classificar verbalmente figuras planas ou espaciais por 

características comuns, mesmo que apresentadas em diferentes disposições;

Construir e representar figuras geométricas planas, reconhecendo e descrevendo informalmente características como número de lados e de vértices;

Apreciar e usar em situações significativas os gêneros literários do patrimônio cultural da infância, como parlendas.

Conteúdos

Figuras geométricas, 
Contagem dos lados de uma figura geométrica,
Gênero textual: parlenda, 
Escrita e leitura de parlenda e figuras geométricas.

Estratégias:
  • Como estamos trabalhando o Folclore e já lemos o texto e fizemos as atividades sobre o Saci Pererê no livro didático, vamos trabalhar as figuras geométricas com o Saci.

  • Fazer uma rodinha e colocar sobre o chão várias figuras geométricas confeccionadas em Eva de modo que, dê formar com elas um Saci Pererê.

  • Perguntar o que estão vendo, e questioná-los até que digam as figuras geométricas que aparecem.
  • Questioná-los sobre as figuras que podemos montar com essas figuras.
  • Montar o Saci num mural.












  • Espalhar no chão o nome das figuras geométricas que apareceram na montagem do Saci. Estimular a leitura dessas palavras observando as letras iniciais e os sons que pronunciamos ao falar cada palavra.







  • Confeccionar um saci com as figuras geométrica e colar num palito (cada um confeccionará o seu).






  • Ensinar a parlenda Saci Pererê, repetir várias vezes até as crianças saberem de cor.
  • Leitura do livro: Os Dez Sacizinhos

  • Texto fatiado com a parlenda. Em rodinha colocar todas a palavras da parlenda no chão e pedir para as crianças montarem a parlenda na ordem correta no quadro de pregas.






  • Dar massinha de modelar e pedir que as crianças façam as figuras geométricas trabalhadas: triângulo, retângulo, quadrado e círculo.
  • Fazer o Saci com as figuras geométricas de massinha.



Espero que tenham gostado, e por favor não saiam sem deixar seu comentário.

Confia ao Senhor as tuas obras, 
e teus pensamentos serão estabelecidos.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Brincadeira de roda: Corre cutia

Corre Cutia



Como brincar: Todos devem sentar no chão, formando um círculo. Uma das crianças corre do lado de fora da roda com um lenço ou bola na mão, ao ritmo da ciranda (veja letra abaixo). Ao fim da cantoria, a meninada que está sentada abaixa a cabeça e tapa os olhos com as mãos. Quem está correndo deixa cair o lenço ou bola atrás de um dos sentados. Este deve pegar o lenço e correr atrás de quem o deixou. O lugar vazio da roda é o pique. 

Letra da música
Corre cutia 
de noite e de dia 
Comendo farinha
Na casa da tia
Corre cipó
Na casa da avó
Lencinho na mão
Caiu no chão
Moça (o) bonita (o) do meu coração

“Espere no Senhor. Seja forte! Coragem! Espere no Senhor.”
Salmos 27

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Hora do conto: O Pássaro Sem Cor

 Olá pessoal, confiram a apresentação da Hora do Conto na minha escola.
 Esta apresentação foi realizada pelo 4º ano da professora Alair.



Assista ao vídeo da história O Pássaro Sem Cor: 


"Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia," 
(Salmos 91:5)

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Passo a passo cartão sanfonado para o dia dos pais


Olá pessoal, corre que ainda dá tempo de confeccionar um lindo cartão sanfonado com o contorno da mão da criança, para presentear o seu pai neste dia dos pais.

               

Vejam os cartões confeccionados por alguns alunos meus:



"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, 
fazei tudo para glória de Deus."
1 Coríntios 10:31

quarta-feira, 23 de julho de 2014

A importância de atividades extras na educação infantil


A importância de atividades extras na educação infantil

As atividades extras são uma forma das crianças aprenderem brincando. Conheça a importância de algumas delas na educação infantil.

Estão cada vez mais presentes no dia a dia das crianças atividades extras. Aprender um novo idioma, fazer uma atividade física ou mesmo interagir com programas novos no computador saõ alguns exemplos. Os cursos extracurriculares são muitos importantes para o desenvolvimento dos pequenos e são oferecidos pela maioria das escolas fora do horário de aula.

Com a participação nessas novas formas de aprendizagem, as crianças aperfeiçoam mais a sua capacidade em armazenar novas informações. Na primeira infância a criança permanece ainda no estágio em que não sabe se colocar no lugar do outro, mas ao receber responsabilidades para ser desenvolvidas em grupos, ela consegue estabelecer essa relação.

Nessa fase a criança encontra um excelente período para diversificar as suas atividades e quanto mais se interessam em aprender, mais segurança pessoal terá.

Qual atividade é melhor para meu filho?

Antes de você matricular o seu filho em uma determinada atividade, veja qual é a área que ele mais demonstra interesse. Os esportes são opções para um desenvolvimento emocional, disciplinar e corporal, pois a criança passará a melhorar a autoestima e também conseguirá controlar o seu peso, pois será incentivada a isso.

É válido colocar o seu pequeno em um curso de língua estrangeira em sua cidade, pode inclusive servir de preparo para um intercâmbio no futuro. Neste último caso, o planejamento é mais exigente, pois além dos preparativos inerentes para viajar para fora do país como passaporte, seguro viagem internacional, inclui a escolha do tipo de curso, estadia, duração e cidade. É uma experiência que demanda mais maturidade do estudante e por isso é melhor esperar uma idade compatível, geralmente a partir dos 12 anos.

A criança que adora música pode ter aulas com instrumentos musicais, pois ajudam no ritmo e despertará o pequeno a ter mais atenção ao aprendizado escolar. Se o seu filho gosta de interagir com ritmos, colocá-lo em um curso de dança contribuirá para um equilíbrio da postura corporal.

Cuidados com os pequenos para as atividades extras

Muito cuidado porque o excesso é prejudicial. É claro que as mamães querem que seus filhos aprendam tudo o que puder, porém, somente o que puder, ou seja, quando as atividades extras ultrapassam os limites, geram desconforto nas crianças.

Outro cuidado que as mamães precisam ter é que, se o filhote não está conseguindo acompanhar as atividades, a mamãe deve ficar atenta porque nem sempre a criança colocará em palavras esse problema. Observe se o desempenho do seu filho mudou dentro e também fora da escola, mas vale se atentar a um todo e não somente às notas no boletim.

Lembre-se de que o excesso de compromissos e horários prejudica o desempenho das crianças.

Meu filho não que fazer mais nenhuma atividade extra. E agora?

Se o seu filho fazia atividades extras e de repente não quer mais fazer nenhuma, não se desespere! Isso é bastante comum e acontece, muitas vezes, porque não são reconhecidas ou por achar que não se saiu bem, podendo até acreditar que não se destacou como seus coleguinhas. Se isso ocorreu com seu filho, mostre a ele quais as transformações positivas que ele conseguiu e como poderão aumentar ainda mais se ele continuar a se esforçar.

Estabelecer uma parceria entre a escola e a família é muito importante para as atividades extras.

Dafna Obadia - escritora e assistente virtual paraense, dedica-se à Licenciatura em Letras na Universidade Anhanguera e Bacharelado em Direito na Universidade da Amazônia.

sábado, 19 de julho de 2014

Apresentação da festa junina de 2014


Vejam só que lindinhos os meus fofinhos dançando na apresentação da festa junina da escola.


Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e 
a prova das coisas que não vemos. 
Hebreus 11:1

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Hora do Conto: Vídeo da teatro -A Festa no Céu

Teatro do projeto: Hora do Conto. 
Apresentação realizada pela Profª Andresa do jardim parcial.

EMEIEF Serafina Milioli Pescador.


Então invoquei o nome do Senhor, dizendo: 
Ó Senhor, livra a minha alma.
Salmos 116:4

domingo, 13 de julho de 2014

Dica para trabalhar sílabas utilizando etiquetas de preços



Confira mais uma atividade de alfabetização utilizando etiquetas de preço.

Com a sugestão de uma colega de grupo (infelizmente não lembro o nome dela), fiz  o mesmo desta atividade que postei aqui só que desta vez foi com sílabas.

Veja como fiz:

1- desenhei figuras no quadro utilizando algumas sílabas da família silábica da letra D e as crianças as desenharam em seus cadernos.



2- Depois entreguei as etiquetas de preço e pedi para elas escreverem cada sílaba em um quadrinho da etiqueta.



3- Depois as crianças formaram as palavras utilizando a sílabas escritas nas etiqueta.

Trabalhei a noção de sílabas dizendo que cada vez que abrimos a boca para falar a palavrinha é chamada de sílaba, e que cada sílaba (vez que abrimos a boca para falar a palavrinha) foi escrita em um quadrinho.



Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar". 
Josué 1:9

sábado, 12 de julho de 2014

Dica para trabalhar alfabetização matemática usando pecinhas e marcadores de preço




Olá amigos, segue mais uma dica para realizar atividades com marcadores de preços.
Desta vez a sugestão é para a alfabetização matemática.

Passo a passo:

Escrevi nas marcadores de preço de 0 a 10 e os destaquei e colei em pecinhas (lego) amarelas.

Depois as crianças colocaram-na na ordem crescente e encaixaram as quantidades no número correto (o zero não estava presente nas fotografias pois na hora nem notei que as crianças não o tinham colocado).



Sugestões de atividades:

- ordem crescente e decrescente
- sucessor e antecessor
- adição e subtração

Colabore deixando no comentário mais sugestões de como trabalhar esta atividade. 



Por isso não tema, pois estou com você;
não tenha medo, pois sou o seu Deus.
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
eu o segurarei
com a minha mão direita vitoriosa. 
Isaías 41:10

terça-feira, 1 de julho de 2014

Qual a idade certa para um intercâmbio?


Não é fácil saber qual momento é o ideal para investir em uma viagem ao exterior para aprender ou melhorar um idioma. Os pais devem trabalhar essa decisão junto com o interesse da criança em provar dessa nova experiência.

As empresas de intercâmbio já apostam em cursos destinados a crianças com idade a partir dos 7 anos, eles viajam em grupos com adolescentes de até 17 anos. Algumas famílias acreditam que essa experiência fortalece o amadurecimento, a auto-confiança e coloca o filho diante de situações que farão ele aprender a se socializar e a se virar “sozinho”.


É inegável que uma viagem para outro país traz inúmeras possibilidades de crescimento pessoal. O contato com outra cultura, o uso da língua estrangeira, a prática do idioma e a socialização inerente ao ambiente do ensino, sala de aula, novos amigos, troca de informações e enriquecimento didático.
Não há fórmula mágica para saber qual o momento ideal para enviar o filho para um curso no exterior. É conveniente compartilhar desse plano com a própria criança, para que o sonho de passar por essa novidade não seja apenas reflexo da vontade dos pais. Porém é certo que na maioria das vezes eles ficam ansiosos com a possibilidade de tal viagem.

O comportamento do pequeno estudante também deve ser levado em consideração, há crianças que naturalmente tem uma desenvoltura que permite se jogar no que é novo, em desvendar caminhos, outras, mais introspectivas, não estão ainda, dispostas a tais exposições. Respeitar esse ritmo é salutar, já que cada uma tem sua pessoal velocidade de desenvoltura.

Antes de tudo, a empresa de intercâmbio deve ter uma boa reputação e você deve ter confiança nos serviços que ela oferece, isso facilmente é pesquisado através de sites e blogs de estudantes que já passaram por tal experiência. A questão burocrática de documentação deve ser feita com antecedência, o seguro viagem internacional, os comprovantes de estadia e da escola de idiomas, tudo será exigido na entrada do país escolhido. O seguro servirá também caso a criança precise de algum atendimento médico no estrangeiro.

Outro ponto importante é a acomodação durante o curso. As duas possibilidades são bem distintas e oferecem variados tipos de situações, em casa de família ou em residências estudantis. Geralmente o pacote do curso de línguas já inclui a estadia que une o grupo de viajantes, liderado por um profissional da empresa brasileira que viaja junto com a turma. São residências destinadas aos alunos de fora do país, com quartos individuais ou em grupos, separados de acordo com a idade, com cozinha coletiva e geralmente próximas à escola de línguas.


O intercâmbio teen, como é chamado para essa fase da adolescência, é realizado frequentemente no período de férias escolares no Brasil, o que significa um período curto de 4 semanas. Portanto, não tão longo tempo, e o fato da maioria dos países oferecer segurança e uma estadia tranquila já acalma a ansiedade dos pais.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Trabalhinhos feitos com a música: A Tartaruguinha


Vídeo das crianças cantando a música: A Tartaruguinha


Música A Tartaruguinha ilustrada para imprimir:


Atividade da música que as crianças fizeram. Elas pintaram, recortaram os quadrinhos e os colaram no caderno na ordem correta.


Tartaruga com o carimbo das mãos no guache verde.


Confira o vídeo das crianças cantando outra música infantil:

Vídeo das Crianças cantando: Jonas na barriga da baleia


O que você achou da atividade? Por favor, deixe seu comentário!


“Há palavras que ferem como espada, 
mas a língua dos sábios traz a cura.”
Provérbios 12:18-19

Atividade de alfabetização com etiquetas de preço




Olá amigos, hoje realizei uma atividade maravilhosa e diferente para relembrar a escrita de palavrinhas com a letra B.
Comprei este rolo de adesivos de colocar preço com a intenção de propor várias atividades com ela. Usando materiais alternativos e diferentes do uso comum podemos perceber o entusiasmo das crianças em executar a atividade proposta.

Dei para cada criança uma tira com 12 adesivos de preço. 
Escrevi no quadro estas letras:  B  B  B O O O T D L A A E, onde as crianças foram instruídas a escreve-las uma em cada quadradinho.


Então fiz no quadro três desenhos para que as crianças  os copiassem em seus cadernos e formassem a palavra correta ao lado de cada desenho, destacando do adesivo as letrinhas certas para formar a palavra..






Clique na imagem para ampliar:


O que você achou da atividade? Por favor, deixe seu comentário!

"Jesus, porém, lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem."
 Lucas 4:4

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Como transportar com segurança crianças no carro


Como transportar com segurança crianças no carro

Para garantir a segurança dos pequenos, ao sair de casa de carro é preciso sempre estar atenta às regras de condução de crianças. Além do conforto para os filhos, essa atitude representa guardar a segurança delas e da família em geral.

O código de trânsito brasileiro é o conjunto de leis que versa sobre todas as regras de comportamento no trânsito e sobre tudo que é ligado à atividade de dirigir. As crianças como passageiras em um automóvel devem estar sob a proteção de itens de segurança que preservem a sua condição de carona dentro do veículo.

Um conjunto de medidas agregadas faz com que o trânsito flua normalmente, desde que haja o repeito às leis de trânsito e que as vias tenham qualidade em sua infraestrutura. A prevenção que vai desde a escolha dos serviços oferecidos pelo seu seguro automóvel, das revisões corriqueiras até a colocação das cadeirinhas para bebês ou crianças pequenas.

A resolução do Contran publicada em 2008 esclarece que toda criança menor de 10 anos de idade deve ser transportada no banco traseiro e sempre com sinto de segurança. O número de mortes de crianças envolvidas em acidente no trânsito é alarmante e em muitos casos por falta do uso do sinto ou cadeira apropriada o resultado é pior. Com uso dos dispositivos de segurança os riscos de lesões caem em até 70% de acordo com estudos.

 São três tipos de assentos que são utilizados de acordo com a idade da criança. São eles “bebê conforto”, “conversível” e “assento de apoio”. São produzidos para manter a criança segura durante o movimento do carro essas cadeirinhas, de acordo com a idade e altura, respeitam a anatomia do corpo da criança, oferecendo assim além da segurança, o bem-estar. Saiba os detalhes de cada assento lendo  o artigo sobre essas regras no site seguroauto.org.

Se for viajar de carro com crianças além de seguir essas regras de segurança, caso a viagem seja longa, vale a pena planejar um pouco de lazer, como livrinhos, jogos e filmes para que as crianças consigam suportar a viagem e se divertir durante as horas de estrada.
Não hesite em fazer paradas no caminho, em locais seguros, como restaurantes ou postos de gasolina com lanchonete, para que não só o motorista mas a família tenha um pouco de descanso do cansaço de pegar longas horas na estrada.

Antes de partir para uma viagem de carro, o importante é o planejamento, o motoristas deve ter uma noite de sono anterior bem dormida e estar se sentindo bem para enfrentar quilômetros ao volante, além de manter a prudência e a responsabilidade para colaborar para fazer uma viagem tranquila.

Você usa que assento em seu carro para transportar crianças?

domingo, 15 de junho de 2014

Vídeo da História: A fila dos números

Olá amigos, na última postagem coloquei a sequência didática que realizei com minha turminha sobre os números. Na hora de contar a história resolvi filmar. 
História infantil A FILA DOS NÚMEROS, foi contada para trabalhar sequência numérica e a escrita dos números pois muitas crianças confundem e os escrevem espelhados.Nossa, como 
foi estranho me ver contando a história, percebi muitos coisinhas que com certeza tentarei mudar nas próximas vezes que contar uma história (hehehe), valeu para uma auto-crítica.


“Consagre ao Senhor tudo o que você faz, 
e os seus planos serão bem-sucedidos.”
Provérbios 16:3


domingo, 8 de junho de 2014

Sequência didática – Os Números



Sequência didática – Os Números

Objetivo de ensino

Perceber a importância de uma linguagem simbólica universal na representação e modelagem de situações matemática como forma de comunicação.

Objetivo de aprendizagem:

Identificar números em diferentes e funções, por exemplo: indicando
quantidade, posição ou ordem;

reconhecer padrões de uma sequência para identificação dos próximos elementos, em sequências de sons e formas ou padrões numéricos simples; 

Desenvolver o raciocínio lógico-matemático e a capacidade de efetuar a ordenação numérica;

Reconhecer a seqüência numérica por meio de jogo.

Constar a importância dos números e descrever sua utilização em nosso cotidiano;


Conteúdos

Números, ordem crescente e decrescente, números ordinais (matemática)
Gênero textual: texto, escrita de números por extenso.


Estratégias:


  • Contar a história: A Fila dos Números, usando figuras de números animados.
  • Jogos lúdicos através das figuras dos números da história.
  • A partir do texto (A Fila dos Números), encontrar e circular os números escritos por extenso.
  • Ilustração do texto observando a sequência numérica e formas dos números.
  • Tabela dos números escritos por extenso e atividades de escrita.
  • Atividades orais e escritas de seqüência numérica dos números trabalhados.

  • Brincar de amarelinha em forma de caracol e atividade escrita.


A FILA DOS NUMEROS
ERA UMA VEZ UMA ESCOLA ONDE OS ALUNOS ERAM OS NÚMEROS. NA ESCOLA DOS NÚMEROS A PROFESSORA ERA O ZERO.
            TODOS OS DIAS A PROFESSORA FAZIA UMA FILA PARA LEVAR OS ALUNOS AO REFEITÓRIO. ELA GOSTAVA DE ORDEM E POSICIONAVA OS ALUNOS NÚMEROS DO MENOR PARA O MAIOR.
O PRIMEIRO DA FILA ERA O NÚMERO UM, QUE MUITO OBEDIENTE, ANDAVA EM FILA OLHANDO SEMPRE PARA FRENTE, E NÃO OLHAVA NEM PARA A DIREITA E NEM PARA A ESQUERDA. SEGUINDO SEU EXEMPLO VINHA EM SEGUNDO LUGAR ONÚMERO DOIS, EM TERCEIRO O TRÊS, E EM QUARTO LUGAR ONÚMERO QUATRO.
MAS PARA SURPRESA DA PROFESSORA ZERO O QUINTO NÚMERO, O NÚMERO CINCO, VINHA VIRADO PARA TRAS COM SUA ATENÇÃO TODA VOLTADA PARA O SEXTO NÚMERO QUE PARA ADMIRAÇÃO DE TODOS E TRISTEZA DA PROFESSORA SEGUIA NA FILA VIRADO PARA TAMBÉM PARA TRÁS E COMO SE NÃO BASTASSE, DE PONTA CABEÇA. ISTO MESMO, O NÚMERO SEIS ANDAVA DE CABEÇA PARA BAIXO E NÃO TINHA JEITO DE SE APRUMAR.
MAS FELIZMENTE OS NÚMEROS SETE, OITO E NOVE NÃO SEGUIRAM O EXEMPLO DO NÚMERO CINCO E SEIS, E SEGUIAM NA FILA VIRADOS PARA FRENTE COMO OS DEMAIS COLEGAS NÚMEROS.
POR ISSO NÃO DEVEMOS ESQUECER A FILA DOS NÚMEROS, TODOS ESTÃO VIRADOS PARA FRENTE SOMENTE O CINCO E SEIS ESTÃO VIRADOS PARA TRÁS.

ATIVIDADES
1 - OS NÚMEROS DE ZERO A NOVE APARECEM ESCRITOS POR EXTENSO NO TEXTO, ENCONTRE-OS, CIRCULE E PINTE-OS:
2  -  FAÇA UMA LINDA ILUSTRAÇÃO DA HISTÓRIA.
 



     Atividades da sequencia didática para imprimir







“‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’”
 Lucas 10:27